Conteúdo

Quando as coisas desandam e não parece mais haver salvação, ainda assim é possível resgatar seu casamento

Quem é (ou foi) casado sabe muito bem disto: o casamento é como uma plantinha que precisa ser regada, podada e cuidada todos os dias, porque do contrário ela vai morrer. Se o casal deixar a plantinha ficar meio seca, sem cuidado, ela ainda pode sobreviver, mas vai precisar de muito cuidado e investimento dos dois para voltar a vicejar e a crescer.

Casar-se, formar uma família e até ter filhos, para muitos casais, é o sonho de uma vida. E nem parece que é tão difícil assim, não é? Basta os dois viverem juntos, compartilharem tudo, pagarem as contas, irem jantar fora de vez em quando, terem alguns amigos, levarem as crianças para o clube ou a praia, e pronto: está feito um casamento feliz. Certo?

Errado! O casamento não é feito só de momentos bons. Na verdade, mais vezes do que gostaríamos de admitir ele é cheio de desentendimentos, caras feias, brigas, desconfianças e vontade de deixar tudo para trás e começar uma vida nova, longe de toda aquela bagunça.

Mas isso não significa – de jeito nenhum! – que o casamento seja um projeto impossível. Dá, sim, para superar juntos os problemas que aparecem e continuar caminhando na mesma direção, dando continuidade à construção de uma vida em comum que vai gerar belos frutos e lembranças que não têm preço.

Uma coisa muito importante a fazer é começar a trabalhar na sua relação assim que começar a perceber que os problemas estão se tornando em maior número que as coisas boas, porque nesse ponto ainda existem chances de reconquistar o seu casamento. Quer saber como? Siga estas dicas preciosas e volte a ser plenamente feliz!

casamento alegre

  1. Estabeleça se ainda existe amor

Nossa, que conselho mais esdrúxulo! É claro que existe amor! Ou você não estaria tentando salvar o seu casamento. Mas muita gente tenta salvar o casamento simplesmente para manter aparências, por causa dos filhos, para não ter de dividir bens, porque teme o julgamento da sociedade e por várias outras razões. Portanto, é importante saber com certeza se você deseja salvar seu casamento ou se está tentando salvar seu status social.

  1. Não confronte nem enfrente

Se as coisas não estiverem indo muito bem em casa, o pior que o marido e a esposa podem fazer é enfrentar um ao outro e se confrontar. Se estiverem tendo um desentendimento, não deixem que ele escale. Prefiram simplesmente deixar o outro em paz por uma hora ou duas, e depois, com a cabeça fria, retomem a discussão civilizadamente. Gritar e se irritar não vai adiantar – na verdade, só tende a piorar tudo.

  1. Releve pequenas coisas

Sabe aquela mania que a sua esposa tem de apertar a pasta de dente no meio, e aquela outra mania do seu marido de deixar a tampa do vaso sanitário levantada? Não há dúvida de que essas coisas são irritantes. Mas será que elas são tão importantes que devem definir se o seu casamento vai acabar ou não? Faça uma brincadeira, diga coisas como “quando você aprender a espremer a pasta de dente, eu vou lhe dar um presente inesquecível”. E deixe o assunto para lá.

casamento apagado

  1. Tenham momentos só para vocês

Na correria do dia a dia, quando a gente tem de trabalhar, fazer compras, cuidar da casa e das crianças, encontrar com clientes do trabalho para jantares, acaba faltando tempo para passar a dois. Faça um plano para encaixar pelo menos um encontro romântico por semana na sua agenda. Um tempo só para vocês dois. Sem filhos, amigos, parentes. Um jantar romântico ou uma noite em casa, assistindo um filme no sofá. Isso será de grande ajuda.

  1. Fale o que está pensando

Não tem nada pior do que ter alguma coisa lhe incomodando e você ir para a cama com isso na cabeça, sem conversar com o seu(sua) parceiro(a). Comunique-se! Diga a ele(a) o que está pensando. Não precisa ser de forma agressiva. Quanto mais você acumular coisas que não lhe agradam, mais difícil será trabalhá-las quando a situação se tornar insustentável. E atenção: fale e ouça também! As duas coisas são igualmente importantes!

  1. Respeite seu marido/sua mulher

Há momentos em que tudo o que a gente quer é abrir a cabeça da outra pessoa e colocar os nossos pensamentos lá, não é? A gente está vendo que eles estão pensando de forma distorcida e que seus planos não vão dar certo. Mas você precisa respeitar a pessoa que está ao seu lado. Ele(a) tem direito de ter seus próprios planos e estratégias, até porque tem uma visão do mundo diferente da sua. Deixe-o(a) tentar. E se eventualmente ele(a) falhar, você estará lá para consolá-lo(a).

  1. Aprenda a perdoar

Ter discussões, xingar, dizer coisas que não quer (mas que se diz para magoar). Isso é parte de todo casamento. As pessoas fazem isso com mais frequência do que se imagina. Mas quando a raiva passa, o desentendimento acaba e os ânimos se apazíguam, perdoe. Deixe o sentimento ruim ir embora. Não mantenha essa mágoa dentro de você. Porque se não for assim, ela irá conduzir o seu relacionamento para um caminho sem volta.

  1. Reacenda a chama da paixão

Todo começo de relacionamento é uma explosão de sexo e química. Os dois querem passar horas na cama, dando e recebendo prazer e descobrindo tudo o que o amor lhes permite. Mas após o casamento, a rotina se instala, e a vida sexual fica em segundo plano. Se quiser reconquistar seu casamento, encontre formas de reacender esse fogo.Homens: deem mais atenção às preliminares e fiquem atentos às zonas de prazer de suas esposas. Mulheres: seja sexy para o seu homem – bonita, cheirosa, ousada e sensual.

  1. Não faça seus filhos tomarem partido

Isso é errado e prejudicial em tantos níveis diferentes que não deveria ser nem necessário citar, mas vamos lá. Em primeiro lugar, seus filhos não são armas que você pode usar contra o seu marido ou mulher. Principalmente porque eles não têm nada a ver com os seus problemas conjugais. E em segundo lugar, porque se você estiver buscando apoio neles, eles podem, na verdade, estar do lado do outro cônjuge, e aí a história vai ficar ainda pior. Portanto, deixe-os fora de seus problemas.

Veja Também →  10 dicas para conquistar qualquer mulher

  1. Você está renovando seu casamento, não se casando de novo

Não pense que a outra pessoa vai mudar completamente e se tornar um príncipe ou princesa da noite para o dia. Ela também não será uma nova pessoa, completamente diferente, que se encaixe em todos os seus sonhos de parceiro(a) ideal. Isso não vai acontecer, porque você não irá se casar de novo, mas apenas reconquistar o seu cônjuge. Portanto, gerencie as suas expectativas.

Esses são passos simples, mas que todo mundo deveria saber a respeito do casamento. Tudo passa por amar mais, ouvir mais, aceitar mais, conversar mais, brigar menos e tentar errar o menos possível. É possível, sim, salvar um casamento e reconquistar o seu cônjuge, mas isso pode ser ainda mais difícil do que quando você o(a) conquistou pela primeira vez, e vai exigir muita dedicação. Não perca mais tempo. Comece agora mesmo.

Como reconquistar o casamento
4.7 (93.33%) 3 voto[s]