A disfunção erétil é um dos problemas mais sérios que os homens enfrentam em suas vidas, porque ele não é apenas um problema físico, mas vai afetando o psicológico e até o mental, causando uma verdadeira avalanche de problemas.

Exatamente porque as informações são muito desencontradas nas mais diversas fontes online, além de enviesadas e com uma tendência a nunca abordar o assunto de forma completa.  

Exatamente por isso o nosso guia para a disfunção erétil será completo e abordará todas as questões pertinentes do problema, tratado de forma sincera e direta com todas as suas dificuldades e problemas eventuais que você poderia ter com o seu pênis.

O que é a disfunção erétil e porque ela acontece?

Disfunção erétil como evitarA disfunção erétil é um problema sério, no qual o homem se torna incapaz de manter uma vida sexual ativa e satisfatória para si e para as pessoas com quem ele transar. A disfunção erétil pode se apresentar de diversas formas diferentes, que são:

  • Impotência sexual: o homem simplesmente não consegue manter uma ereção, mesmo quando sente desejo sexual.
  • Ejaculação precoce: o homem chega ao ápice sexual rápido demais, causando constrangimento e insatisfação a si mesmo e a pessoa com quem ela está se relacionando no momento. Nesses casos geralmente existe uma dificuldade de voltar a ficar ereto para continuar o sexo.
  • Falta de libido: diferentemente da impotência sexual, a falta de libido simplesmente diminui o interesse desse homem por sexo. Isso acaba vindo juntamente com uma frustração enorme!

Esses problemas podem aparecer isolados ou juntos, em graduações bem diferentes, dependendo dos pontos principiais que estão afetando o homem e causando a disfunção erétil. Por isso é tão complexo o tratamento desse problema.

Como você deve ter percebido, apenas nos sintomas da disfunção erétil já existe uma infinidade de combinações, que acabam fazendo com que cada caso se torne um caso (e nós ainda não entramos nas possíveis causar, que serão abordadas mais adiante).

Exatamente por isso consideramos inadequado quando uma pessoa tenta resolver esse tipo de questão de forma ultra simplista ou apenas dizer que “é tudo a mesma coisa, só tomar esse remedinho natural aqui e tudo se resolve”.

Isso não é verdade e é exatamente por causa desse tipo de situação que guias como esses se tornam tão necessários.

Quais são os principais gatilhos da disfunção erétil?

Quando pensamos em gatilhos de disfunção erétil, pensamos em diversas situações que causam a disfunção erétil, sendo direta ou indiretamente. Esses gatilhos são de difícil identificação para algumas pessoas, que acreditam que essa situação não tem relação, quando na verdade tem.

O ponto fundamental sobre esses gatilhos de disfunção erétil é compreender exatamente o quanto elas podem ser prejudiciais para o homem e o quanto é importante você evitá-las.

  • Gatilhos físicos: Existem diversas formas de gatilhos físicos para a disfunção erétil, e exatamente por isso é mais complicado do que se parece a respeito disso.
    Excesso de trabalho, noites mal dormidas, stress, dieta ruim, tudo isso tem a capacidade de causar disfunção erétil em diferentes graus Na maioria das vezes é a soma desses problemas, que dificilmente vêm sozinhos, que acabam causando o aspecto físico da disfunção erétil.
    Existem possibilidades mais raras, de um homem ter problemas com a quantidade de hormônios que seu corpo produz, não sendo causados por nenhuma dificuldade externa, mas esses casos geralmente são identificados na adolescência.
  • Gatilhos mentais e sentimentais: o stress é um aspecto especialmente curioso, porque ele pode ser enquadrado tanto fisicamente quanto mentalmente, mas existem outras questões dentro do espectro mental que também podem ser gatilhos para os problemas de ereção.
    Excesso de problemas no trabalho ou em casa, dificuldades de relacionamento, problemas de auto-imagem e auto-estima, tudo isso influi na forma como o sexo acontece e pode ser gatilho para disfunção erétil.
    Finalmente existem diversas situações de cunho sentimental que podem afetar a qualidade do sexo, como relacionamentos mal resolvidos, términos de relacionamentos de longos períodos e outras situações relacionadas.
  • Qualidade de vida: a qualidade de vida de uma pessoa também pode ser uma forma de causar e de evitar a disfunção erétil.
    Essa situação pode estar relacionada com a quantidade de exercícios que você faz, como você se alimenta, o tipo de experiências que você se coloca, inclusive a quantidade de masturbação que você pratica.

A soma desses gatilhos é o motivo pelo qual você pode estar com disfunção erétil. Qualquer outra situação, além disso, pode ser considerada uma dificuldade clínica e por isso deve ser tratada de forma mais próxima com um médico.

Existe idade para disfunção erétil?Disfunção erétil depois dos cinquenta

A maioria das pessoas acredita que disfunção erétil acontece apenas quando se tem mais idade, quando a produção de testosterona cai naturalmente. Essa é uma suposição extremamente errada, como os gatilhos que mostramos anteriormente comprovam.

É possível que você tenha disfunção erétil mesmo quando é extremamente jovem pelas questões que citamos acima. Especialmente quando se é muito inexperiente com o sexo a disfunção erétil mais comum é a ejaculação precoce, que curiosamente mal é tratada como “problema”.

A ejaculação precoce, assim como outros problemas de disfunção erétil, é tratada de forma totalmente preconceituosa pelos homens em geral, e por esse véu de mistificação e machismo velado é muito difícil às pessoas que tem esses problemas conseguir ajuda.

Combater esse preconceito é um dos principais objetivos desse guia. Mostrar que você pode ter esses problemas em qualquer momento da sua vida e em nenhum desses momentos você se torna “menos homem” ou “frouxo” por isso.

Como diagnosticar o que está causando a disfunção erétil?

Entender o que exatamente vem causando a sua disfunção erétil é um desafio de autoconhecimento considerável, que pode te levar a enfrentar problemas emocionais que você vem evitando há anos.

Mais importante do que pensar o quanto você vai sofrer agora, é pensar que depois que isso passar você será capaz de fazer a pessoa com quem você transar ter muito mais prazer, além de ter muito mais prazer também.

Existem alguns conjuntos de problemas que acabam se tornando mais comuns do que outros dentro desses problemas. Por isso mesmo esses estereótipos são apenas um ponto de partida para que você entenda exatamente aonde você se enquadra.

Você pode, inclusive, estar em mais de um deles, mas dessa forma é muito mais fácil de conseguir compreender quais são os problemas principais e o que não é tão importante.

Um dos pontos fundamentais sobre essa investigação é se você está causando isso a si mesmo por causa de um primeiro acidentes que pé totalmente comum. Acontece muito de homens ficarem inseguros e nervosos depois de uma primeira “broxada”, continuarem broxando e isso se parecer com um problema mais sério.

Nesse caso não é disfunção erétil, e sim um pequeno contratempo causado por um problema natural sendo elevado à crise por uma pessoa insegura da suam sexualidade. Entenda: BROXAR EVENTUALMENTE É COMUM E VAI ACONTECER COM TODO MUNDO.

Para confirmar que isso se tornou um distúrbio, seja físico ou psicológico, é necessário que ele aconteça com frequência ou de forma condicionada (sempre que você tenta transar com alguém diferente ou se você tem uma semana muito ruim no trabalho).

Quando se tem 20 e poucos anos

A disfunção erétil entre jovens acontece especialmente por motivos psicológicos e inexperiência, sendo a ejaculação precoce o tipo de dificuldade mais comum, juntamente com a impotência sexual causada por stress, especialmente por motivos acadêmicos e profissionais.

Alguns casos mais raros apontam problemas hormonais, mas esses são bem mais raros e acabam trazendo outros sintomas juntamente, como falta de pêlos, traços masculinos menos desenvolvidos e outras questões relacionadas.

Dessa forma, se você está com alguns desses problemas, fique tranquilo, pois apresentaremos algumas soluções para esses casos quando falarmos de providências a serem tomadas sobre os principais tipos de disfunção erétil.

Quando se tem 50 anos ou mais

Da mesma forma que as mulheres, os homens tem uma queda na produção de hormônios depois dos 50 anos, que alguns especialistas começam a chamar de andropausa.

Você vai sentir sua musculatura ficando menos rija, a gordura começando a se acumular de forma mais constante  Ed em alguns momentos a sua ereção não vai mais parecer a mesma. Nesses caos é comum e necessário verificar formas de ajudar seu corpo a retomar os níveis anteriores de testosterona.

Existem diversas formas de resolver isso, mas vamos falar disso mais adiante.

Stress e nervosismo

Esses problemas podem acontecer em qualquer idade e por qualquer motivo, e por isso mesmo são especialmente complicados de identificar. Se você tem passado por stress ou está ansioso ou de alguma forma intimidado pelo sexo, isso pode se refletir em disfunção erétil.

Nesses casos é de suma importância que você tenha em mente que isso é um tipo de auto sabotagem indireto, que vai te fazer ter uma série de problemas relacionados a isso.

Agora que você já sabe o que pode estar causando a sua disfunção erétil e você já tem ferramentas para começar a compreender o que pode ser a raiz desse problema, vamos ajudar você a identificar a solução ideal para esse tipo de problema.

Como fazer para resolver meu problema de disfunção erétil?problemas de Disfunção erétil

Seu problema de disfunção erétil pode ser resolvido, seja ele de qualquer natureza ou sendo causado por qualquer um dos gatilhos que comentamos anteriormente. Acontece que antes de querer tomar qualquer decisão é de suma importância que você entenda seu problema.

Depois de entender seus problemas, você começa removendo os mais simples e então vai tentando os mais complexos depois disso. Além de ajudar com a disfunção erétil você vai ter uma vida muito melhor ao passar por esse processo!

Siga esse passo a passo e você vai conseguir melhorar sua compreensão do que pode estar causando essa disfunção erétil.

  • Melhore a sua rotina de sono diminua ao menos um pouco o stress: com essas possibilidades é bem possível, que alguns problemas menos graves já se resolvam, se for apenas isso quase não dá para chamar seu caso de disfunção erétil
  • Considere possibilidades psicológicas: Se você não está cansado ou estressado, existe alguma possibilidade psicológica causando algum tipo de problema na sua sexualidade? Você se sente bem com seu corpo? Se sente atraente e sensual?
    Coloque a auto-estima em dia porque isso pode ser o problema para a sua disfunção erétil. Consulte um psicólogo, pois isso pode realmente mudar a sua vida.
  • Considere conhecer seu corpo melhor: Você conhece seu corpo direito? Conhece seus pontos erógenos e como se excitar? As pessoas tendem a acreditar que simplesmente ver uma pessoa atraente nua obrigatoriamente tem de excitar um homem, mas isso não é verdade.
    Entender seus mecanismos de excitação e aprender a usá—los ao seu favor para conseguir uma boa ereção e para durar o suficiente na cama para dar e receber prazer é fundamental para coibir todos os tipos de disfunção erétil.
  • Considere situações físicas relacionadas à alimentação e suplementos naturais: se você sentir que seu psicológico e seu sono e stress estão em dia, pode ser algo relacionado à sua alimentação ou algum pequeno problema com a sua quantidade de hormônios.
    Nesse caso você estará permitindo que seu corpo se recupere de um período que pode ter sido complicado, mas já passou, ou você pode simplesmente estar causando esse mal estar com uma dieta que sabota sua potência sexual.
  • Considere procurar um médico: a partir daqui pode existir a necessidade de procurar um médico. Você pode estar com algum problema de produção de hormônios, e isso passa a afetar negativamente a sua sexualidade.
    Para esse tipo de situação ser resolvida, as mais variadas formas de reposição hormonal, as apenas o médico pode oferecer isso para você.

Como você pode ver esse passo a passo é extremamente interessante e vai oferecer uma série de vantagens para que você vá inclusive além da simples disfunção erétil original, descobrindo novos limites para o seu prazer.

Quais são as soluções possíveis para cada tipo de situação?

Usando o passo a passo mostrado anteriormente como guia, vamos passar algumas informações adicionais a respeito de como você pode resolver o seu problema de disfunção erétil:

  • Se você não consegue diminuir a carga de estresse por causa de uma rotina de trabalho naturalmente estressante, existem formas de lidar com isso. Técnicas de meditação e de alívio de stress podem te ajudar a lidar com isso (inclusive o sexo sem pressão é uma excelente forma de lidar com estresse).
  • Aprenda a respeitar os limites do seu corpo: especialmente quando o assunto é trabalho. Muita gente se dedica tanto ao trabalho que fica totalmente exausta e isso reflete em disfunção erétil, falta de libido e outras dificuldades na sexualidade.
  • Procurar terapia não é errado: muitas pessoas consideram terapia um absurdo ou uma grande “frescura”. Não pense assim! Terapias diversas podem te ajudar a voltar a transar de forma intensa e prazerosa, além de ser uma forma de te ajudar com outras dificuldades da sua vida.
  • Masturbe-se, mas não demais: a questão da masturbação é um tanto quanto complicada, porque muitos homens acreditam que tem disfunção erétil, mas porque eles gastam toda a sua energia em masturbação e quando têm a chance de transar de verdade estão “sem gás”.
    A masturbação é algo incrível, ajuda você a se conhecer e a entender seus mecanismos de prazer, mas pode se tornar um problema ou uma obsessão. O vício em pornografia é real e não pode ser subestimado.
  • Lembre-se que a alimentação pode afetar: existem diversas dicas de como aumentar a libido e a produção natural de testosterona no corpo por meio de produtos naturais (inclusive daremos a nossa mais adiante) e alimentação adequada.
  • Converse com a pessoa com quem você está transando: se existe algum tipo de preocupação, “neura” ou dificuldade em relação com o que você está sentindo ou com a transa em si, converse com a pessoa com quem você está transando! Mesmo que você esteja em uma relação que é apenas casual, o sexo envolve um nível de cumplicidade em que as pessoas precisam pelo menos ser amigas, ou pode ser mais prejudicial do que realmente prazeroso.
  • Suplementação hormonal não te faz “menos homem”: se você precisa fazer suplementação de testosterona em algum momento da vida, isso não significa que você é menos homem! Afinal de contas é uma doença como uma gripe, e ninguém fica “menos homem” de tomar um antigripal.

Nossas sugestões para a disfunção erétilcomo evitar a Disfunção erétil

Dentro de todas essas informações que estamos oferecendo a vocês, trazemos também algumas recomendações de como você pode resolver diversos aspectos da disfunção erétil.

É uma linha de produto incrível e diferenciada, que age de forma harmônica e complementar, permitindo que você tenha muito mais resultados com menos problemas e ainda trazem a tranquilidade de serem todos garantidos pela mesma empresa.

Vamos a eles?

Conheça o Bluecaps turbo: a solução para disfunção erétil

O Bluecaps Turbo é um produto especialmente interessante e diferenciado para quem tem dificuldades com o aspecto mais físico da disfunção erétil. Com esse produto você ganha potência, libido e energia para transar de forma muito mais intensa e diferenciada.

Ele é especialmente interessante porque é feito 100% de maca peruana, cultivada nos Andes, nas condições de clima originais que tornaram esse alimento tão famoso pelo mundo. Uma pesquisa breve sobre a maca vai mostrar que ela é chamada de super alimento.

Mais do que isso, ela é um dos vegetais mais potentes quando o assunto é a reposição natural de testosterona. A maca peruana é um dos reguladores hormonais mais famosos conhecidos hoje em dia e com certeza vai te ajudar a regularizar a sua energia física e a sua libido.bluecaps

Seguindo esse aspecto, você ainda tem a ajuda adicional ao Blue Caps Turbo é o BlueMAXXX, que é um produto natural super eficiente que afeta os vasos cavernosos, que vão dar mais grossura e permitir que suas ereções tenham  muito mais potência e qualidades diferenciadas.

Compre o seu agora mesmo aqui!

conheç o BlueMAXXXX

Uma ajuda para se conhecer mais e melhorar seu aspecto mental

Na mesma linha existe um produto especialmente interessante para o aspecto mental. Da mesma empresa, a versão do Kama Sutra Bluecaps faz uma releitura e atualiza a linguagem do clássico indiano que traz o segredo de um sexo mais intenso e poderoso.Como combater a Disfunção erétil

Você vai aprender a gerar e obter mais prazer, conhecendo mais seu corpo e o da pessoa com quem você vai transar, dando a você inclusive a capacidade de demorar mais para atingir o orgasmo e assim continuar transando por muito mais tempo.

Tudo isso com fotos e ilustrações interessantes e provocantes, fazendo da leitura em casal algo extremamente interessante e excitante!

Compre o seu agora mesmo aqui!

Conclusão e palavras finais

Esse guia sobre a sexualidade masculina, com uma quantidade enorme de informações reais sobre a disfunção erétil é definitivamente uma evolução frente a toda a mistificação que existe sobre o quanto um homem deve pedir de ajuda sobre seu corpo.

Ao vencermos esse tipo de preconceito e procurarmos as formas adequadas de viver a sua sexualidade é algo de suma importância. As ferramentas diversas que você vai encontrar para ajudá-lo com isso (inclusive as que recomendamos aqui, que são especialmente interessantes).

É importantíssimo que você procure um médico caso sinta que o seu problema continua, independente das atitudes que você faça para mudar a sua vida seguindo as dicas do guia.

Esperamos sinceramente que esse guia ajude você a mudar a sua vida, permitindo que a sua sexualidade se torne mais intensa e prazerosa. Se você tiver experiências para dividir, comente conosco!

Disfunção erétil: guia completo sobre o problema!
4.9 (97.14%) 7 votos