A disfunção erétil temporária não é mais uma raridade entre os homens menores de 40 anos. Os problemas de potência são muitas vezes únicos em homens jovens e não permanentes. Causas podem ser estresse mental como no trabalho ou no relacionamento. No entanto, também pode haver razões orgânicas para a impotência.

A disfunção erétil pode afetar homens de todas as idades. Se a ereção falhar uma vez ou apenas ocasionalmente, ainda não há desordem a ser tratada. Razões para isso podem ser estresse, fadiga ou cansaço. No entanto, se a disfunção erétil persistir por várias semanas, há risco impotência jovens.

Impotência jovens, motivo de pânico?

Estresse no trabalho causa comum de impotência jovens

Hoje em dia as exigências na profissão estão ficando cada vez mais altas. Muitos jovens trabalham durante o dia e não têm energia à noite para experimentar a sexualidade. Eles ficam exaustos depois do trabalho no sofá ou na cama. Neste caso, não é de admirar que não ocorra ereção ou que seja muito fraca para realizar uma relação sexual satisfatória.

Cuidado com os problemas persistentes

Com o aumento da idade, aumenta a probabilidade de que as causas orgânicas sejam a causa da disfunção erétil ou existam ao lado a lado com um componente psicogênico. No entanto, até mesmo homens jovens podem ser afetados por disfunção erétil orgânica.

Qualquer pessoa que sofra de problemas de ereção persistentes deve, portanto, ser sempre examinada por um especialista. Um exame ultrassonográfico especial dos vasos penianos (ultrassonografia duplex com Doppler) é uma das investigações mais importantes para excluir causas orgânicas. Ao mesmo tempo, fornece informações sobre o risco aumentado de acidentes vasculares cerebrais e ataques cardíacos, pois os problemas de ereção podem ser um sintoma precoce grave aqui. Além disso, problemas de ereção também podem ser um sintoma de diabetes.

Ajuda para problemas de potência

Embora muitos homens jovens gostem de evitar ir ao médico, eles devem, de qualquer forma, esclarecer se há problemas orgânicos a serem tratados.

Problemas de ereção são muito fáceis de tratar e muitas vezes até curáveis ​​na medicina atual. Mesmo para causas puramente psicogênicas pode ser temporariamente prescrito um medicamento como o Viagra. Se o homem recupera a autoconfiança de que é capaz de ter ereções boas e penetráveis, os bloqueios mentais geralmente se resolvem rapidamente. Se o estresse constante no trabalho pode causar brigas com sua parceira, família ou até mesmo de lazer.

Mais dicas para boas ereções

Para obter uma boa ereção, os homens jovens precisam de um bom fluxo sanguíneo no pênis. Portanto, uma dieta saudável, rica em vitaminas e pobre em colesterol é muito benéfica. Fumar é uma das toxinas ambientais mais importantes e pode levar à disfunção erétil.

A fim de melhorar a estabilidade do pênis, bem como a perseverança durante o ato sexual, um treinamento especial para o assoalho pélvico é adequado. Uma série de exercícios que podem alcançar efeitos significativos em pouco tempo.

Além disso, a atividade sexual regular aumenta tanto o fluxo sanguíneo do pênis quanto os níveis de testosterona, o que afeta a libido.

Fortalecer a potência: dicas para uma boa ereção

Impotência jovens, motivo de pânico?

Se tudo isso não ajudar e as causas físicas forem excluídas, existem outros remédios que geralmente causam uma melhora notável nos problemas de ereção e ajudam a tornar o pênis mais duro:

Não fumar: para uma boa ereção, uma boa circulação do pênis é importante. Portanto, você deve abster-se melhor da nicotina.

Alimentação Saudável: Uma dieta saudável e variada tem um efeito positivo na circulação do sangue no tecido erétil e na pressão sanguínea. Isso também melhora o fluxo sanguíneo para o pênis, o que aumenta a função erétil.

Álcool com moderação: o álcool influencia o desempenho sexual. Obter uma ereção e orgasmo será mais difícil. Por esse motivo, você deve consumir álcool moderadamente.

Treinamento de força: O exercício e, acima de tudo, o treinamento de força ajudam você a ter uma melhor ereção. O corpo produz mais testosterona, o que obviamente tem um efeito positivo na ereção.

Erétil: se as dicas anteriores não podem ajudar e você está pensando em usar remédios como o Viagra ou Cialis para disfunção erétil marque uma consulta com seu médico para ver quais os riscos e indicar o tratamento mais seguro.

 

 

4.8
33