Você sofre de impotência masculina qual medico procurar? É a sua dúvida. Leia este texto para saber o que você precisa.

Impotência masculina qual medico procurar?

Se nenhuma ereção for alcançada dentro de três meses, ou se a ereção for mais fraca em 50% das tentativas, então você deve ir ao médico para ver se você tem problemas de ereção e a que causa isso.

As razões para a disfunção erétil são múltiplas. Em alguns casos, várias causas andam de mãos dadas. Portanto, vários médicos especialistas podem ser necessários para tratar uma disfunção erétil.

O médico mais importante que você deve visitar primeiro é o urologista. Mesmo se outros médicos como neurologista ou psicoterapeuta contribuir para o diagnóstico ou tratamento, o coordenador é sempre o urologista.

Dependendo do serviço de saúde, no entanto, talvez você deva primeiro consultar seu médico de família antes de marcar uma consulta com o urologista.

Diagnóstico “transtorno de potência”: faça o teste

 

Primeiro, o urologista avaliará se você realmente tem uma disfunção erétil. Se for esse o caso, ele notará a gravidade. Para este propósito, ele usa questionários especiais, validados internacionalmente, como o Índice Internacional de Função Erétil IIEF, que inclui as seguintes questões:

  1. Qual é a probabilidade de você conseguir e manter uma ereção?

Muito alto

Alto

Medíocre

Baixo

Muito baixo

  1. Quão difícil é durante a relação sexual manter a ereção até o fim?

Eu não tento ter relações sexuais

Extremamente difícil

Muito difícil

Difícil

Um pouco difícil

Não é difícil

  1. Se você teve ereções durante a estimulação sexual, com que frequência as ereções foram duras o bastante para se penetrar na sua parceira?

Eu não tentei ter relações sexuais

Quase nunca ou nunca

Raramente (muito menos da metade do tempo)

Às vezes (cerca de metade)

Principalmente (muito mais da metade)

Quase sempre ou sempre

  1. Se você estiver tentando ter relações sexuais, com que frequência é satisfatório para você?

Eu não tentei relações sexuais

Quase nunca ou nunca

Raramente (muito menos da metade do tempo)

Às vezes (cerca de metade)

Principalmente (muito mais da metade)

Quase sempre ou sempre

  1. Com que frequência durante a relação sexual você conseguiu manter sua ereção depois de penetrar na sua parceira?

Eu não tentei relações sexuais

Quase nunca ou nunca

Raramente (muito menos da metade do tempo)

Às vezes (cerca de metade)

Principalmente (muito mais da metade)

Quase sempre ou sempre

Na trilha das causas

O médico realizará uma entrevista de anamnese com você. Ele pedirá que você descreva seu problema e pergunte se você tem outras condições médicas e qual medicamento está tomando. Isto é seguido por um exame físico e ultrassom e exames de sangue.

Avaliar o histórico médico é muito importante para o diagnóstico e tratamento. Ele tem características especiais e embora ainda seja um tabu para muitos entrevistados, porque várias questões íntimas são discutidas. O mais importante são respostas precisas e honestas.

Estas perguntas são feitas pelo médico

Você pode se preparar para a consulta médica considerando os seguintes pontos:

– Como o seu distúrbio de potência acontece e que tentativas você fez?

– Como o sua parceira vivencia a situação e como o transtorno afeta seu relacionamento?

– O que a disfunção erétil significa para você? Qual aspecto é mais importante para você: reprodução, desejo ou relacionamento? Qual é o sofrimento que causa a disfunção erétil?

– Quais necessidades psicossociais básicas são violadas pelo transtorno de potência?

– Descrição do comportamento e experiência sexual, incluindo sexualidade genital e não genital, masturbação, preferências e fantasias.

É melhor deixar a vergonha e ter uma conversa aberta com o seu urologista. Lembre se de que ele está lá para ajudar a identificar as causas do distúrbio de potência e a encontrar o melhor tratamento para você. Ao evitar ou atrasar a primeira conversa, você e sua parceira desnecessariamente se sobrecarregam. A medicina moderna oferece uma variedade de soluções eficazes para problemas de ereção.

Há para praticamente todos os casos soluções que envolvem terapia ou remédios, ou mecanismos externos para uso local. O melhor tratamento para você pode ser encontrado com as sugestões do médico e que você achar mais cômodo para você e sua parceira para auxiliar no tratamento.