10 alimentos para evitar ter que lidar com a disfunção erétil

Quais alimentos melhoram a disfunção erétil? Se você quiser desfrutar da sua vida sexual ao máximo, você deve adicionar esses 10 ingredientes à sua dieta. Eles vão fazer o seu membro parecer maior!

Na Internet existem muitos cremes, dispositivos e tratamentos que garantem o aumento do volume, força e resistência das ereções, mas tudo o que conseguem é a decepção de muitos homens. Por que você acha que o problema pode ser resolvido de fora?

Não importa o tamanho do pênis, sem uma boa ereção, será difícil desfrutar do prazer como casal, principalmente por problemas de ereção. Como todos sabem, a emoção não é suficiente para manter o “amigo” sempre animado. Se você tem um estilo de vida destruído, com estresse, sono inadequado ou dieta inadequada, as complicações serão maiores. Ao pode de até sofrer de disfunção erétil.

Para evitar esse problema terrível, veja 10 alimentos que o combatem os problemas de ereção. Adicione à sua dieta e em pouco tempo você verá (e sentirá) melhores resultados. Com uma ereção melhor, seu pênis parecerá maior.

10 alimentos para evitar ter que lidar com a disfunção erétil

Alimentos para a disfunção erétil

Aqueles homens que estão procurando evitar problemas de ereção, podem encontrar ajuda se aumentarem o consumo de certos alimentos que são ricos em nutrientes associados à função erétil.

Além disso, os homens que começaram a experimentar os primeiros sintomas da disfunção erétil podem reverter se se comprometerem com uma dieta saudável.

Essas pequenas mudanças no estilo de vida não só ajudarão com problemas de ereção, mas também significarão uma melhora na saúde geral.

1 Bananas

Na ereção, a circulação é importante e o que é melhor do que o potássio encontrado nas bananas para ajudar nesse aspecto. Se você consumir a quantidade certa, poderá manter seus níveis de sódio sob controle, assegurando que a pressão sanguínea não se apague e reduzindo o risco de problemas cardíacos.

Se você não gosta de bananas, você pode consumir laranjas, ameixas, kiwi ou damascos.

 2 café

Excelente notícia para os amantes de café! De acordo com estudos da Universidade do Texas, homens que bebem de 2 a 3 xícaras de café por dia (entre 85 e 170 ml de cafeína) reduzem em 42% a chance de sofrer disfunção erétil.

 3 Ostras

Além de ser uma das principais fontes de zinco, as ostras também contêm altos níveis de um aminoácido chamado ácido D-aspártico. Juntos, esses nutrientes ajudam a estimular a produção de testosterona no corpo do homem.

A testosterona tem uma grande influência no desejo sexual, que é essencial para obter uma ereção firme e duradoura.

4 Frutas vermelhas escuras

Os frutos da floresta, que incluem cereja, framboesas e morangos, são ricos em fitonutrientes (nutrientes à base de plantas) conhecidos como flavonoides, que são responsáveis pelas cores brilhantes das bagas. No entanto, os flavonoides, incluindo antocianinas e flavanonas, também têm propriedades para reduzir as chances de desenvolver problemas de ereção. Sem dúvida, incluindo frutas da floresta é a dieta, é uma escolha sábia para aqueles homens que procuram melhorar sua saúde e suas ereções.

5 tomates

Homens que consomem 10 porções de tomates por semana reduzem o risco de câncer de próstata em 18%, tudo por causa do licopeno, um antioxidante que combate as toxinas que causam danos às células.

Isso não é tudo, há também estudos que afirmam que o consumo de tomate melhora a produção de espermatozoides em até 10%.

Se você gosta de tomates, ficará feliz em saber que esta fruta tem um alto teor de licopeno, o fitonutriente responsável por dar a cor vermelha e brilhante ao tomate, mas também é um poderoso antioxidante. Como você já viu, os antioxidantes ajudam a prevenir problemas de ereção.

10 alimentos para evitar ter que lidar com a disfunção erétil

 6 Pistaches

Carregado com um alto teor de antioxidantes, incluindo polifenóis e carotenoides, juntamente com altos níveis de vitamina E e vitaminas do complexo B, os pistácios têm um efeito positivo incrível sobre a disfunção erétil.

Em um estudo realizado em 2011 em uma amostra de 17 homens casados, com problemas de ereção há pelo menos um ano, eles introduziram na dieta pelo menos 100 gramas de pistache por dia. Todos os homens mostraram uma melhora significativa em seus problemas de ereção.

 7 Beterraba

A beterraba contém altos níveis de nitratos, que podem promover um fluxo sanguíneo mais potente, essencial para uma função erétil saudável.

Uma alta ingestão de alimentos ricos em nitratos ajuda o organismo a produzir níveis mais elevados de óxido nítrico, o que é vital quando ocorre uma ereção.

8 Gengibre

É um alimento que irá melhorar o fluxo sanguíneo e a saúde nas artérias. De acordo com um estudo no “International Journal of Cardiology”, consumir uma colher de chá de gengibre duas vezes por semana é tudo o que você precisa para aproveitar os benefícios do coração. Além disso, aumenta os níveis de testosterona e a qualidade do esperma.

 9 chocolate amargo

O cacau aumenta os níveis de serotonina, o hormônio da felicidade, por isso é bom consumir. Isso reduz o estresse, aumenta o desejo sexual e facilita a chegada do orgasmo.

Embora não seja normalmente incluído nas listas de alimentos saudáveis, o chocolate (especificamente o chocolate amargo) fornece uma quantidade saudável de flavonoides, que possuem poderosas propriedades antioxidantes.

Estudos têm mostrado que os flavonoides, assim como outros antioxidantes, ajudam a diminuir o colesterol e reduzir a pressão arterial, ambas as condições têm sido associadas como os principais contribuintes da disfunção erétil.

 10 Vinho tinto

Rico em resveratrol, um composto à base de plantas, também conhecido por seus efeitos antioxidantes, bem como em múltiplos flavonoides, o vinho tinto tem muitos benefícios à saúde, incluindo uma melhora na função erétil.

Um estudo publicado em 2016 pelo American Journal of Clinical Nutrition mostrou que homens que tomavam vinho tinto e comiam frutas ricas em flavonoides regularmente tinham menor risco de sofrer problemas de ereção.

Os pesquisadores também descobriram que uma dieta rica em flavonoides tinha os mesmos efeitos mais saudáveis nos corpos dos homens do que caminhar a um ritmo bom cinco horas por semana.