Há doenças que ainda são difíceis de discutir, mesmo com seu médico ou amigos. É o caso da disfunção da disfunção erétil ou qualquer coisa relacionada à incontinência urinária ou dor durante a relação sexual.

A maioria desses problemas afeta as mulheres, mas muitos homens sofrem em silêncio. Esses problemas ocorrem quando os músculos do assoalho pélvico (ou períneo) não estão funcionando adequadamente. As causas vão desde aa certos medicamentos, hipertrofia da próstata a certas cirurgias, constipação, infecções do trato urinário e trauma pélvico.

O que é períneo?

O períneo é um músculo que se estende da face posterior do púbis ao cóccix. Suporta a bexiga, a vagina e o reto. Normalmente, o períneo garante a retenção de urina, gás e fezes, o apoio dos órgãos abdominais e pélvicos, além de contribuir para o prazer sexual. Uma lesão ou qualquer avaria pode causar problemas de ereção.

Disfunção erétil fisioterapia artigos científicos

Disfunção erétil fisioterapia artigos científicos, praticada por fisioterapeutas que receberam treinamento específico, visa restaurar o bom funcionamento dos músculos do assoalho pélvico. Como estes músculos são do tipo esquelético (os músculos que nos fazem movimentar), a reabilitação permite, conforme necessário, fortalecê-los através de alguns exercícios ou relaxar com técnicas de massagem.

Sabe-se que, na presença de um períneo fraco, os riscos de descida da bexiga e incontinência urinária são maiores, e que, na presença de tensão nos músculos, a dor que afeta a função sexual e pode ajudar ocasionar problemas de ereção. É por isso que é dada uma série de exercícios para fazer em casa par fortalecer os músculos pélvicos e abdominais profundos, no alongamento e relaxamento do períneo e do diafragma.

A reabilitação manual consiste em um toque do terapeuta para ajudar o paciente a tomar consciência da localização de seus músculos, avaliar a força dos músculos e realizar técnicas de relaxamento ou alongamento.

Na terapia manual pode ser adicionado eletroestimulação ou biofeedback. Eletroestimulação é o uso de correntes elétricas para estimular a contração muscular. O biofeedback permite visualizar a contração muscular em uma tela, o que ajuda a controlar melhor a intensidade e qualidade de contração. Convencionalmente, dispositivos específicos são usados ​​para este propósito em reabilitação. Uma nova abordagem para o biofeedback está emergindo no mundo da fisioterapia o uso de máquinas de ultrassom para visualizar os músculos abdominais e pélvicos. Por fim, vários acessórios são sugeridos para ajudar na reabilitação.

Como resolver problemas de ereção com fisioterapia?

Se não é de origem cirúrgica como em uma prostatectomia, o médico irá realizar os seguintes testes para garantir que é apenas um problema funcional e estrutural:

– Controle de glicose no sangue e colesterol no sangue

– Níveis de testosterona e diferentes parâmetros que indicam a função hipofisária e identificar um possível hipogonadismo.

– Avaliar a lesão endotelial estudando a via metabólica do ácido nítrico.

Se você considera que é um problema estrutural, você será encaminhado para o fisioterapeuta, que depois de passar um questionário pode tratá-lo com as seguintes técnicas:

– Técnicas manuais proprioceptivas para favorecer a contração da musculatura superficial

–          Biofeedback

–         Eletroestimulação do ramo perineal do nervo pudendo no Núcleo Fibroso Central do períneo

– Eletroestimulação do nervo cavernoso, no pênis.

– Diretriz de exercício em casa

– Exercícios de hipopressão.

– Técnicas de indução miofascial para regular e ativar o sistema parassimpático e favorecer a vasodilatação.

Exercícios mais conhecidos como o KEGEL, em homenagem ao médico Arnold Kegel que os desenvolveu, servem para fortalecer os músculos pélvicos que sustentam a bexiga e, assim, ajudam a manter a uretra bem fechada.

A comida também desempenha um papel importante. Por um lado, todos os alimentos ácidos, condimentados e com cafeína irritam a parede da bexiga e fazem com que ela se contraia com mais frequência, enquanto o álcool estimula a produção de urina. Por outro lado, perder peso, parar de fumar e adicionar fibra alimentar ajudam a reduzir a pressão na bexiga.

Quando se trata de consumo de água, ao contrário do que você pensa, não se deve reduzir para evitar vazamentos. Não beber o suficiente para promover a constipação e tornar a urina mais concentrada, o que levaria à irritação da bexiga. Recomenda-se beber 6 a 8 copos de água por dia.

Podemos treinar indo ao banheiro em intervalos regulares, quer queiramos ou não, e aumentamos o tempo entre esses intervalos em incrementos de 5 minutos.

Disfunção erétil tratada ao natural

Apesar da fisioterapia ter seus conceitos para a disfunção erétil, sempre é possível buscar alternativas pela natureza. Suplementação, muitas vezes é a resposta para o tratamento de variadas distúrbios e assim ocorre com os problemas de ereção.

O Bluecaps Turbo, um suplemento natural, há algum tempo tem demonstrado o poder de seu principal componente, a maca peruana.

Essa planta que nasce nas Cordilheiras dos Andes, no Peru e vem de tempos e tempos apresentando ótimos resultados no tratamento da disfunção erétil que chegou ao Brasil em forma de suplemento.

Em muitos casos o Bluecaps Turbo atua como uma solução definitiva. Em outras situações sua ação é de funcionar como um reforço, principalmente quando existe uma patologia causadora dos problemas de ereção. Saiba mais em:

Também conhecido por ser um tratamento natural para a disfunção erétil o Bluemaxxxx.

É uma solução natural que devolve um fluxo sanguíneo perfeito na região do pênis para que o homem com problemas de ereção consiga recuperar sua qualidade de vida e prazer em uma relação a dois. Confira tudo sobre esse suplemento: