Até alguns anos atrás, os homens tinham poucas opções para problemas funcionais de ereção. Durante as últimas décadas do século passado, os avanços da ciência nos levaram a conhecer não apenas a fisiopatologia das doenças, mas também sua origem em um local específico do genoma humano.

No final da década de 1960, pensava-se que a disfunção erétil era de origem psicogênica. Com o novo conhecimento, hoje sabemos que até 15% das disfunções eréteis são de origem neurológica.

Disfunção erétil neurogênica

A disfunção erétil neurogênica é quando um processo neuropático, central ou periférico, leva à falha no início ou manutenção de uma ereção. Como a ereção é um processo neurovascular, qualquer evento que afete o cérebro, a medula espinhal, os nervos periféricos ou os tecidos eréteis levarão à problemas de ereção, que é classificada como primária quando há uma perturbação da base do sistema nervoso. 

Alguns exemplos são tumor, acidente vascular cerebral, esclerose múltipla, doença de Alzheimer ou doença de Parkinson; ou secundária a outra doença sistêmica básica, seja diabetes mellitus, fenômenos vasculíticos, medicações tóxicas ou alcoolismo.

A avaliação neurológica dos problemas de ereção permite identificar e localizar a natureza da neuropatologia e reconhecer um distúrbio sistêmico. Bemmelmans descobriu que, em pacientes com disfunção erétil sem qualquer sinal de doença neurológica, até 47% tinham distúrbios sensoriais subclínicos.

Existem as diferentes vias nervosas envolvidas no processo de ereção.

Sistema Nervoso Somático

O componente periférico da via aferente começa com diferentes receptores, terminações livres, corpúsculos especializados e corpúsculos de Paccini localizados na glande, trêmulo e prepúcio destes origina o nervo dorsal do pênis.

Os nervos dorsais do pênis de cada lado passam sob a fáscia de Buck, através do ligamento suspensor para seguir as artérias pudendas internas e formam o nervo pudendo no orifício de mesmo nome, em conjunto com outros nervos genitais, para entrar a medula nos segmentos S2, 3,4.

Componente central:

Começa quando a informação atinge a medula espinhal sacral. A informação peniana viaja através de vias ascendentes nas colunas posteriores, alcançando o tálamo contralateral e fibras de terceira ordem para o córtex profundo dentro da fissura inter-hemisférica.

Uma ereção pode começar com uma estimulação do nervo pélvico, mas você precisará de estimulação repetitiva para prolongá-la.

Sistema nervoso autônomo (nervo pélvico-cavernoso)

Existem áreas anatômicas envolvidas na regulação central da ereção, como: a porção ântero-medial do hipotálamo, o núcleo paraventricular e o hipocampo.

componente periférico é constituído pelo trajeto pélvico-cavernosoque percorre o retroperitônio na face lateral do reto, na bexiga, na próstata e no diafragma urogenital. 

Em seguida, ele passa inferolateralmente à uretra prostática, lateralmente à uretra membranosa e súperolateral à uretra bulbar proximal, para entrar com as artérias cavernosas no corpo do pênis. É nesse nível que ele é mais frequentemente ferido durante a cirurgia pélvica radical.

Papel do SNC

O cérebro é o órgão mestre que controla a função sexual. Uma divisão restritiva não pode ser feita entre ereções psicogênicas e reflexas, pois ambas são controladas pelo SNC. 

Os neurônios do hipotálamo, cérebro médio e amígdala contêm receptores para hormônios gonadais, onde a testosterona atua como um condicionador; enquanto substâncias como serotonina, dopamina e apomorfina atuam como iniciadores.

controle que o SNCexerce sobre a função sexual é estruturalmente similar em ambos os sexos.

A maioria das regiões do SNC envolvidas na função sexual tem receptores para o óxido nítrico; Hoje em dia, este mensageiro é reconhecido não só no pênis, mas também no encéfalo. 

Danos a qualquer uma dessas partes levam o homem a ter um quadro de impotência. Existem tratamentos, mas cada caso é diferente.

Solução prática

O tratamento do SNC pode ser beneficiado com soluções naturais. O Bluecaps Turbo, um popular suplemento que permite o aumento da libido é capaz de estimular parte desse sistema, para que o homem recupere sua capacidade.

Se você procura um método de resolver os problemas de ereção sutil, clique abaixo:


O Bluemaxxxx também é um suplemento natural, atua como vasodilatador que trabalha para o fluxo sanguíneo das artérias do pênis gerem ereções fortes e mais fáceis de serem alcançadas.

No botão abaixo:

4.5
02