As consequências do câncer de próstatapodem variar dependendo do estágio da doença, idade do paciente, tratamentos realizados, etc. Tratamentos para câncer de próstata podem causar efeitos colaterais e sequelas. Mas tenha em mente que sua aparência depende de muitos fatores e não necessariamente precisa aparecer.

Disfunção erétil próstata

O problema dos tumores de próstata é que é difícil avaliar antecipadamente quais pacientes realmente se beneficiarão das abordagens “terapêuticas”. Não é incomum que alguns homens sobrevivam anos e anos com o câncer sem que ele  se manifeste ou cause problemas,enquanto em outros casos, por outro lado, a evolução de tumores de início aparentemente indolentes dá uma virada repentina e os tumores torna agressivos. em pouco tempo.

Portanto, é importante estabelecer o risco de progressão do tumor e avaliar bem cada paciente antes de tomar uma decisão de tratamento.

 Prostatectomia radical: consequências

As complicações potenciais da prostatectomia radicalincluem os riscos da anestesia, do sangramento que requer transfusões, da impotência (perda da função sexual) na maioria dos pacientes e incontinência urinária grave em 3 a 10% dos pacientes.

risco de embolias e problemas pós-operatórios, e até risco de morte. A impotência pós-operatória pode ser tratada com medicamentos, injeções intracavernosas, bombas de vácuo ou a colocação de uma prótese peniana.

A incontinência também pode ser tratada com reabilitação e medicamentos que ajudam a controlar melhor a urina. No entanto, às vezes é necessário realizar alguma intervenção cirúrgica, e até mesmo implantar um esfíncter urinário artificial ao redor da uretra, com resultados muito bons.

A impotência pós-operatória pode ser tratada com drogas, injeções intracavernosas, bombas de vácuo ou a colocação de uma prótese peniana. A incontinência também pode ser tratada com reabilitação e medicamentos que ajudam a controlar melhor a urina.No entanto, às vezes é necessário realizar alguma intervenção cirúrgica, e até mesmo implantar um esfíncter urinário artificial ao redor da uretra, com resultados muito bons.

Sequelas de radioterapia

Os efeitos colaterais tardios da radioterapia externa com técnicas modernas são menos frequentes que anos atrás. Eles podem aparecer no nível urinário, digestivo ou sexual. 

Embora seja raro, no nível urinário, o paciente pode ter um desejo frequente de urinar ou ter dificuldade em urinar. Mais raramente, o sangue pode estar presente na urina, e a incontinência é excepcional. Se aparecer, o paciente deve consultar seu médico.

No nível digestivo, o paciente pode sofrer de constipação, diarreia e, ocasionalmente, sofrer episódios de sangramento como resultado da irritação do reto pela radioterapia, bem como sensação de esvaziamento incompleto do reto. 

Em um nível sexual, os problemas de ereção pode aparecer anos depois, mesmo em 50 a 60% dos pacientes. Nos genitais , as sequelas da radioterapia são hoje bastante raras com as novas técnicas.

Sequelas de terapia hormonal

Após a privação de andrógenos no sangue aparecem certos efeitos colaterais que podem diminuir a qualidade de vida. Entre os mais importantes são o aparecimento de problemas de ereção, diminuição da libido(desejo sexual), ganho de peso, o desenvolvimento da mama discreto, fraqueza muscular, anemia, osteoporose e afrontamentos.

Desejo sexual após câncer de próstata

O bloqueio da hormona nos tratamentos podem causar diminuição da libido (desejo sexual) e disfunção erétil próstata. A longo prazo, causarão uma diminuição no tamanho testicular. Cirurgia e às vezes radioterapia também podem causar impotência.

Pacientes submetidos à prostatectomia radical não apresentam ejaculação (anejaculação).  No que diz respeito a disfunção eréctil ocorre em maior proporção na prostatectomia radicalem pacientes submetidos a radioterapia, mas, ao longo do tempo, as percentagens são mais estreita entre as modalidades terapêuticas (impotência em radioterapia 34% um ano e 57% em 5,5 anos, com prostatectomia radical 72%)  

Acompanhamento do câncer de próstata

Depois de ter sido submetido a tratamento, o especialista controlará o resultado através de revisões e testes que avaliem a eficácia do mesmo. Existem inúmeros tratamentos para cuidar da impotência sexual.

Tratamento natural

Num processo de recuperação um suplemento natural pode ajudar. O Bluecaps Turbo é uma das opções mais utilizadas para tratar impotência naturalmente. Composto com a planta maca peruana tem sido uma forma de homens voltarem a ter uma vida sexual plena. Confira mais detalhes:

Outro produto natural para a impotência é Bluemaxxxx. Ele promove a vasodilatação artérias penianas para que o homem consiga alcançar facilmente ereções permanentes e rígidas. Clique no botão e saiba o quanto esse suplemento é bom:

5.0
01