Disfunção erétil vascular – 7 segredos que reduz para 5% as chances de você ter

Um dos medos mais comuns entre os homens é a ilustre disfunção erétil, porque essa condição para eles muitas vezes coloca em xeque a masculinidade. Além de afetar os indivíduos globalmente, sem distinção de idade, porque se tornou frequente em jovens.

Apesar de ser uma consequência irremediável do esgotamento do corpo, existem maneiras de prevenir e diminuir a probabilidade de desenvolvimento da doença, com cuidados habituais podem fazer com que os problemas causados ​​sejam minimizados tornando-se aceitáveis ​​ou até mesmo sua complexidade reduzida.

Acostume-se ao treinamento físico

Habituar-se a fazer exercícios físicos é fundamental para durar o vigoroso pênis. Há muitas maneiras de praticar esportes, desde a utilização de uma esteira ou bicicleta estática na sua residência até o pagamento de uma academia com um treinamento individualizado feito por um instrutor.

A prática de exercícios rotineiros não só nos impede de ganhar peso, como também de que a circunferência da cintura também torne sua saúde melhor, evitando doenças como disfunção erétil vascular. Também nos ajudará a permanecer Zen e assim separar os pensamentos que podem definhar o sexo.

Coma saudavelmente

Enquanto salgados, hambúrgueres, frituras ou qualquer outro alimento vendido pela Fast Food ou em supermercados, bem como aqueles que contêm ingredientes industriais ou muitas farinhas processadas e açúcares são geralmente deliciosos, os efeitos sobre o corpo são geralmente muito prejudiciais para murchar nossa saúde e ao processo de ereção.

Portanto, recomenda-se que você tenha uma dieta balanceada, pois isso ajudará sua saúde a melhorar, desintoxicando o corpo e liberando a carga de triglicérides em suas veias, afetando também sua saúde viril. Visite um nutricionista para planejar uma dieta personalizada e começar a comer de maneira saudável.

Visitas ao médico é bom para prevenir disfunção erétil vascular

A realização de exames de controle hospitalar é um bom método de prevenção que evitará muitas doenças como problemas de ereção, porque eles podem detectar todos os tipos de enfermidades causadoras dos problemas de ereção com antecedência.

Embora a disfunção erétil não possa ser detectada por raios-X ou uma tomografia, por exemplo, outras doenças podem ser detectadas que podem levar a uma diminuição da sexualidade. Por exemplo, uma queda na testosterona ou um aumento nos níveis de triglicérides podem ser localizados.

Siga o tratamento

Se os médicos encontrarem algo de importante nos exames do hospital e prescreveram algum tratamento, você deve seguir à risca, porque anos de estudo não foram em vão, eles sabem o que fazem.

Os métodos são comuns. Vá para a terapia, tome sua medicação, se você foi solicitado a se condicionar fisicamente, bem como mudar sua alimentação, pois os resultados não serão apenas irrefutáveis, mas também satisfatórios.

Nem tudo é penetração

Não se preocupe se o seu pênis não mostrar o mesmo desempenho que na sua juventude, porque o desgaste é normal. Se você perceber que não funciona mais como antes, sugere-se que tente diversificar, pois isso tornará sua intimidade mais agradável, além de satisfazer você e seu parceiro.

Opções como o uso de brinquedos eróticos ou o uso de dedos ou língua para estimular o casal são formas que podem dar mais quentura ao seu encontro sexual. Você pode até adicionar ingredientes como chantilly e xarope de chocolate, o que aumentará a temperatura e facilitará muito, além de liberar a pressão sobre o seu desempenho.

Cuidado com medicamentos

Há as medicações com ingredientes ativos contra disfunção erétil, recomenda-se a visitar um médico para quem é prescrito. Os ingredientes ativos de algumas medicações desencadeiam problemas de ereção, sabe-se que muitas pessoas morreram por um consumo excessivo dessas pílulas, por isso aconselha-se que você siga as instruções do médico ao pé da letra, bem como ler contra as indicações da bula. Tudo isso, porque muitos elevarão a frequência cardíaca forçando o coração até que ele pare em parada cardíaca.

Olhe para os costumes antigos

Alguns costumes naturais podem ser excelentes companheiros para tratamentos problemas de ereção. Por exemplo, a acupuntura, a meditação, o alinhamento dos chacras ou do Yoga podem ajudar a alcançar a plenitude a partir da parte espiritual, que é importante na prevenção da disfunção, bem como libertar a mente dos pensamentos negativos.

Além disso, um fitoterapeuta tem poções e remédios que você pode consumir como uma boa alternativa aos medicamentos ocidentais e com excelentes resultados, ervas orientais ou mexicanas são bons exemplos. Tudo isso pode ser feito tanto preventivo quanto corretivo, embora o sugerido seja sempre preventivo para evitar o que implica uma má ereção.