Um pesadelo para muitos homens os problemas de ereção são na atualidade um assunto recorrente na mídia. No entanto, o conhecimento aprofundado pouco divulgado, livro disfunção erétil é a solução para obter maior aprendizado no assunto.

O que é disfunção erétil?

A disfunção erétil é definida como incapacidade persistente ou recorrente de obter ou manter uma ereção apropriada até o final da atividade sexual, causando desconforto ou dificuldades de relacionamento interpessoal. Essa circunstancia deve permanece no mínimo por 3 meses.

Embora não seja uma condição de saúde que ameace a vida, a impotência pode ter um grande impacto na qualidade de vida de uma pessoa, nível de felicidade e seus relacionamentos.

Homens que acreditam que são afetados problemas de ereção devem falar com um urologista para determinar a causa subjacente e receber tratamento.

Sinais e sintomas de impotência em homens

Como um problema comum entre os homens mais velhos, a impotência se distingue pela incapacidade de conseguir ou manter uma ereção suficiente para a satisfação sexual. A impotência também pode ser caracterizada pela incapacidade de ejacular ou por ereções inconsistentes ou muito breves.

Se você tiver mais de 40 anos e tiver um desses sinais ou sintomas, é recomendável falar com um especialista em urologia para determinar a causa e discutir a melhor opção de tratamento. Embora a impotência seja menos provável em homens mais jovens, isso é possível. Independentemente da sua idade, estes sintomas podem significar um maior problema de saúde subjacente.

Causas comuns de impotência masculina

As causas subjacentes da impotência nos homens podem ser divididas em duas categorias: físicas e psicológicas.

Causa física

A impotência física ocorre quando certos fatores corporais causam uma incapacidade de obter ou manter uma ereção. Esses fatores são responsáveis ​​por 80% a 90% dos problemas de ereção nos homens e incluem:

Hipertensão arterial

Colesterol alto

Diabetes

Cirurgia

Lesão traumática

Efeitos colaterais de um medicamento

Desequilíbrio hormonal

Distúrbio do sono

Obesidade

Fumar / beber pesado

Síndrome metabólica

Doença do coração

Insuficiência renal

Câncer de próstata

Doença de Parkinson

Esclerose múltipla

Doença de perônio

Falta de exercício

Má alimentação

Causas psicológicas:

Certos fatores psicológicos também podem contribuir para a disfunção erétil. Os casos psicológicos representam cerca de 10 a 20 por cento dos casos de impotência. Essas causas mentais subjacentes podem incluir:

Fadiga

Estresse

Depressão

Culpa

Baixa autoestima / autoconfiança

Ansiedade por desempenho

Condições de saúde mental

Problemas no relacionamento

Libro disfunção erétil tratamentos

Embora atualmente não exista cura para todos os casos, existem várias abordagens eficazes de tratamento que podem ser tomadas. Uma vez que a causa e a gravidade da doença tenham sido identificadas, os urologistas especialistas podem determinar a melhor opção de tratamento para cada paciente.

Medicação

A medicação oral é usada por muitos homens para tratar os sintomas da e da disfunção erétil. Medicamentos orais populares são Viagra (Sildenafil), Cialis (Tadalafil), Levitra (Vardenafil) e Stendra (Avanafil).

Outras drogas, tais como injeções diretamente no pênis e remédios colocados na uretra do pénis, oferecem métodos alternativos para alcançar uma ereção por meio de alprostadil, papaverina e fentolamina.

Remédios naturais

Remédios naturais comuns para a impotência que seu médico pode sugerir são:

Exercício

Perder peso

Coma uma dieta mais saudável e equilibrada

Melhore seus hábitos de sono

Parar de fumar e beber álcool

Acupuntura

Ervas e suplementos (ginseng, DHEA, L-arginina, zinco, ashwagandha e ginkgo, entre outros).

Tratamento hormonal

Baixos níveis de testosterona podem complicar ainda mais os problemas de impotência em certos homens. A reposição hormonal é geralmente administrada por medicação oral, injeção, adesivo, gel, goma ou sedimento subcutâneo.

Cirurgia

Em uma pequena porcentagem dos casos, a impotência masculina é tratada pela reorientação das artérias do pênis através de cirurgia.

Terapia

Para os homens que sofrem de impotência causada por fatores psicológicos, como depressão ou estresse, o médico pode recomendar a visita a um psicólogo.

Prótese do pênis

Quando os medicamentos ou a terapia hormonal não forem apropriados ou eficazes e os pacientes tiverem esgotado as opções naturais de tratamento, o urologista poderá recomendar uma prótese peniana, como uma bomba peniana ou um implante peniano. Os implantes penianos são dispositivos cirurgicamente inseridos e permite que os pacientes controlem o tempo e a duração de uma ereção. Os implantes penianos têm uma alta taxa de satisfação entre os homens que tentaram outros métodos conservadores sem sucesso.