O senso comum prega que os problemas de ereção apenas nos mais velhos. Mais exatamente, em homens acima dos 50 anos. Até essa idade, todos os homens estão protegidos do temível flagelo de falhar na hora H.

Por isso, eles simplesmente não sabem o que fazer quando o pior acontece e seu amigo não colabora quando eles mais precisam dele.

Os problemas de ereção em homens jovens, embora raros, podem acontecer. Quando acontecem, eles precisam ser muito bem investigados, para que se separe o que é emocional do que tem origem orgânica.

Conhece alguém que esteja passando por essa situação? Sabe o que pode causar problemas de ereção em jovens? Então esse texto é para você. Separamos algumas razões que podem entender o surgimento deste problema e como lidar com ele.

O que pode causar problemas de ereção nos jovens

O que pode causar problemas de ereção nos jovens?

Para compreender o que pode causar problemas de ereção nos jovens é preciso, inicialmente, saber que os mais jovens também podem enfrentar esse tipo de situação.

Embora para eles seja mais difícil lidar com a questão, os tratamentos aplicados são muito mais eficazes, podendo até mesmo acabar com o problema em pouco tempo. Por isso, vamos direto ao ponto e investigar as possíveis causas desse problema.

Fatores psicológicos

Durante a juventude, boa parte dos problemas de ereção tem origem psicológica, já que nesta fase os homens estão se descobrindo, aprendendo do que gostam e como se aperfeiçoar na arte sexual.

Por isso, um dos grandes causadores de problemas sexuais na juventude é a ansiedade, principalmente nas primeiras relações sexuais.

Isso acontece porque os homens nesta fase que ainda não tiveram relações sexuais, ou tiveram muito poucas experiências se sentem inseguros e muito ansiosos com seu desempenho.

Ou seja, eles se preocupam tanto em não falhar na hora H que acabam falhando, decepcionando muito mais a si mesmos do que aos parceiros.

Outro fator que pode prejudicar o desempenho sexual de um homem jovem são problemas profissionais ou financeiros. Como estão iniciando suas carreiras ou lutando para se firmar em seus empregos, eles costumam colocar muita pressão para ter sucesso nesta área.

Em muitos casos, as preocupações com o sucesso nesta área são tamanhos que chegam a comprometer seu desempenho sexual, provocando problemas de ereção que acabam por agravar o estresse e a frustração que os outros setores de sua vida já vêm provocando.

Além destes problemas emocionais, a depressão pode contribuir para provocar problemas de ereção nos jovens, principais em casos mais graves ou quando não foi devidamente diagnosticada e ainda não está sendo tratada.

No entanto, durante o tratamento, é preciso que o jovem fique atento, pois muitos medicamentos utilizados nesta fase podem comprometer o desejo sexual, prejudicando o alcance de uma ereção com a qualidade esperada.

O que pode causar problemas de ereção nos jovens

Fatores químicos

Durante a juventude, os problemas de ereção são frequentemente causados, também, pelo uso de produtos químicos, como drogas recreativas ou, ainda, o consumo excessivo de álcool.

No caso das bebidas alcoólicas, o problema acontece porque a substância deprime o sistema nervoso central, fazendo com que todos os músculos do corpo relaxem. Isso afeta também o pênis.

Embora o órgão sexual masculino seja bem irrigado, esse jovem que abusou da bebida pode não conseguir obter ou manter uma boa ereção porque os músculos de seu órgão não conseguem se manter rígidos.

Já no caso das drogas, as substâncias presentes na cocaína ou na maconha, por exemplo, alteram a química do organismo, prejudicando a circulação sanguínea no corpo e dificultando a ereção.

Os jovens que fazem uso do álcool ou de substâncias químicas precisam ficar atentos a seus efeitos no corpo. Isso porque essas substâncias podem danificar os vasos do corpo que irrigam seus órgãos, causando impotência, principalmente quando consumidos em excesso e por longos períodos.

Fatores físicos

Ao contrário dos homens mais velhos, causas físicas são as que menos provocam problemas de ereção, embora possam contribuir para sua ocorrência.

Neste caso, doenças cardíacas, diabetes do tipo 2 ou mesmo hipertensão podem afetar essa parcela de pessoas e, quando não tratadas, podem ocasionar problemas sexuais.

Além disso, o estilo de vida destes jovens pode, futuramente, prejudicar sua vida sexual. Neste caso, a obesidade e o sedentarismo podem levar a problemas cardíacos, causando problemas de ereção.

Doenças psicossomáticas

As doenças psicossomáticas podem afetar seriamente a vida de uma pessoa, incluindo de um jovem que está iniciando sua vida sexual. No caso deles, os problemas de ereção podem ter início com uma batalha mental para aceitação de sua própria sexualidade.

Muitas vezes, jovens com orientação sexual homossexual podem se sentir pressionados a se encaixar como heterossexuais. Tamanha pressão faz com que falhem em diversas vezes, não sendo capazes de ter uma ereção ou de se satisfazer com a relação, por não ser exatamente aquilo que desejam.

Como tratar os problemas de ereção nos jovens?

Conforme comentamos nos primeiros parágrafos desse texto, no caso dos mais jovens, o tratamento dos problemas de ereção tem respostas positivas muito melhores e mais rápidas dos que nos mais velhos, principalmente quando iniciado rapidamente.

Por isso, é importante que os jovens com problemas de ereção recebam acompanhamento médico rapidamente, para que não fiquem com sequelas permanentes. O ideal é buscar ajuda desde os primeiros sintomas.

O tratamento, neste caso, vai variar de acordo com as causas do problema. No caso de fatores físicos que estejam ocasionando os problemas de ereção, a solução para o problema deve ser encontrada junto ao médico, que traçará uma estratégia para enfrentarem juntos a questão.

Para aqueles que tem nos problemas químicos a origem da dificuldade de ereção, o tratamento deverá acompanhar a origem desta questão. Quando esse distúrbio tem origem no consumo excessivo de drogas, é preciso que o próprio jovem tenha vontade de combater o problema, buscando o tratamento necessário.

Já para aqueles que estão fazendo uso de alguma medicação e esta é a origem do problema, é preciso consultar seu médico, para que a dosagem do medicamento seja corrigida e a questão resolvida por completa.

Em casos de problemas de ereção provocados pela rotina do jovem, a correção para o problema envolve uma mudança em sua rotina, com a eliminação dos hábitos ruins que provocaram o surgimento da doença.

O que pode causar problemas de ereção nos jovens?
4.8 (95%) 4 votos