Mesmo causando enorme constrangimento em todos os homens, sobretudo naqueles que estão começando a vivenciar suas primeiras relações sexuais, é preciso compreender que os problemas de ereção são eventos comuns e provocados, muitas vezes, por elementos muito simples.

Seja por medo, insegurança ou mesmo pelo avançar da idade ou reflexo de algum problema de saúde, o fato é que todos os homens enfrentarão problemas de ereção em algum momento de sua vida.

Aliás, falhar é normal, e não deve ser visto como um problema quando se trata de algo esporádico. A questão se torna grave, apenas, quando esses problemas se tornam frequentes.

Se um homem começa a ter dificuldades em mais de duas relações sexuais por mês é preciso sair em busca da origem dos problemas de ereção causas, para que eles não prejudiquem toda a sua vida.

Está enfrentando esse problema e não sabe como agir? Conhece alguém que vivencia essa questão e gostaria de lhe ajudar, mas não sabe exatamente como?

Continue lendo esse texto. Aqui mostramos não apenas quais as principais causas dos problemas de ereção, mas principalmente, o que fazer para escapar deles.

Problemas de ereção causas – 10 formas de escapar deles

O que pode causar problemas de ereção?

Antes de mostrarmos como escapar dos problemas de ereção causas, é importante saber o que os desencadeia, para que você possa ter mais qualidade de vida e em seus relacionamentos.

Você sabia que muitos dos problemas de ereção têm origem psicológica? Poucos, aliás, são causados por questões orgânicas, como malformações ou doenças graves.

Por isso, os grandes causadores dos problemas de ereção são fatores como a ansiedade, o estresse e as preocupações excessivas, comuns em nosso dia a dia.

Algumas vezes, os medicamentos que utilizamos para aliviar esses sintomas, e até mesmo aquela cervejinha que você está acostumado a beber para “esquecer” podem contribuir para provocar esse problema, assim como o sedentarismo.

Não praticar qualquer tipo de atividade física é um grave problema para quem está disposto a deixar a dificuldade de ereção de lado, afinal ficar parado não melhora em nada sua disposição e a circulação de sangue de seu organismo.

Como escapar dos problemas de ereção causas?

Os problemas de ereção são comuns. Mas muito comuns mesmo. Para que você tenha ideia, de todos os homens que habitam nosso planeta, cerca de 155 milhões deles já admitiram ter passado pelo problema ao menos uma vez em sua vida.

Quando pensamos no Brasil esse número também é muito grande. Neste público, 10 milhões de pessoas já falharam entre quatro paredes.

Por se tratar de um número tão alto, muitos homens tem verdadeiro pavor de entrarem para estas estatísticas e precisarem lidar com o problema. A boa notícia aqui é que existem algumas medidas simples que te ajudam a escapar da disfunção erétil. Conheça cada uma delas e se proteja.

1.Fique de olho ao uso indiscriminado de remédios

Você sabia que alguns remédios podem causar problemas de ereção, mesmo em dosagens pequenas?

Isso é muito comum em medicamentos como antidepressivos, remédios para hipertensão arterial, alguns narcóticos e anti-histamínicos, cujos ingredientes afetam a química do cérebro e podem impactar na capacidade de obter uma boa ereção.

Por isso, antes de começar a usar qualquer remédio, até mesmo aqueles que prometem acabar com a gripe, converse com seu médico. Ele é a melhor pessoa para lhe explicar se o medicamento que você está tomando pode ou não prejudicar a qualidade de sua relação sexual.

Problemas de ereção causas – 10 formas de escapar deles

2.Fique de olho em seu peso

Você sabia que o homem cuja circunferência da cintura esteja acima dos 100 centímetros tem duas vezes mais chances de ter problemas de ereção? Então, se você está acima do peso, é hora de começar aquela dieta e se exercitar.

Isso porque quanto maior sua circunferência na cintura, maiores os níveis de gordura visceral, e menores os níveis de testosterona em seu corpo. Como se sabe, quanto menos testosterona, maior as chances de seu amigo falhar na hora H.

3.Largue o cigarro

Fumar pode até parecer atraente nos filmes ou na TV, mas entre quatro paredes pode significar muita decepção, e aquela frustração extra. O cigarro danifica o revestimento dos vasos sanguíneos.

Esse dano acaba chegando também aos músculos lisos do pênis, dificultando que o sangue flua por ali. O que isso significa? Que você pode ter mais chances de apresentar problemas de ereção.

Quer mais uma razão para deixar de fumar? Os fumantes têm 51% mais chances do que um não fumante de broxar na hora H.

4.Deixe as preocupações do trabalho no trabalho

Ultimamente, vivemos uma rotina tão louca que simplesmente não conseguimos nos desligar das preocupações do trabalho. Vida pessoal e profissional acabam se contaminando.

Isso é péssimo para a vida sexual, porque o estresse acaba atrapalhando as ereções. Então, para aproveitar muito bem seus momentos com o parceiro, deixe o trabalho no trabalho.

5.Durma bem

Dormir pouco pode ser péssimo para as ereções. Homens que costumam dormir menos de cinco horas por dia têm muito mais chances de falhar, porque seus níveis de testosterona caem em 10%.

Além disso, hormônios produzidos pelo cérebro (dopamina e serotinina) tem grande influência na ereção. E, adivinhe? Eles são produzidos enquanto estamos dormindo.

Por isso, dormir bem é fundamental. Procure dormir entre sete e oito horas por noite.

6.Cuide bem de seus dentes

Você sabia que os homens com problemas nos dentes tem muito mais chances de ter problemas de ereção do que aqueles com um sorriso perfeito? Isso acontece porque as bactérias que atacam os dentes acabam indo parar na corrente sanguínea.

Ali, elas danificam os vasos responsáveis por garantir um bom fluxo sanguíneo, prejudicando assim sua ereção. Então, já sabe: escove os dentes duas vezes ao dia, use fio dental e faça visitas frequentes ao dentista.

7.Reduza o consumo do álcool

Tomar algumas cervejas pode até ajudar a diminuir a inibição na hora de se aproximar daquela pessoa, mas é péssimo para as ereções. Além de prejudicar os vasos sanguíneos, o álcool deprime o sistema nervoso central, diminuindo a excitação e deixando aquela sensação de cansaço.

8.Abandone o sedentarismo

Quem se exercita com frequência, além de ter muito mais disposição para encarar o dia a dia, reduz as chances de que apareçam inflamações em seu corpo.

Essas inflamações podem prejudicar os vasos sanguíneos, dificultando as ereções.

9.Controle a ansiedade

Crises de ansiedade são péssimas para uma boa ereção, pois elas liberam uma onda de adrenalina no organismo.

Hormônio responsável por colocar seu corpo em estado de alerta, ele deixa você completamente nervoso e compromete a quantidade de sangue que chega até o pênis, dificultando a ereção. Então, para não ter problemas na hora H, se acalme.

10.Não deixe o computador em seu colo

Usar um laptop é algo muito prático. Você pode acessar seus e-mails sem sair da cama ou enquanto está confortavelmente sentado no sofá. Mas, você sabia que colocar o computador no colo aumenta suas chances de ter problemas de ereção?

Isso acontece porque esses equipamentos podem gerar uma grande quantidade de calor. O grande calor em excesso na região dos testículos diminui a contagem de esperma e reduz também os níveis de testosterona.

Então, para não correr esse risco, deixe seu computador onde ele deve ficar: em cima da mesa.